fbpx
pedir crédito habitação

10 Conselhos para quem quer pedir crédito à habitação

Antes de pedir um crédito à habitação, há um conjunto de tópicos que deve ter em consideração. Este é um compromisso financeiro de longa duração com um peso considerável no orçamento familiar. Por isso, é importante que esteja consciente da responsabilidade que vai assumir e reflita sobre algumas questões que implicam o sucesso da operação.

Conheça 10 conselhos para quem quer pedir crédito à habitação.

1. Relação de confiança com a entidade financeira

Antes de pedir um crédito à habitação saiba que, no desenrolar do processo, o banco vai solicitar-lhe muitas informações de foro pessoal e financeiro. É importante que exponha abertamente as suas intenções e os motivos que o levam a dar esse passo. Entenda que num empréstimo com este grau de risco, a instituição bancária necessita de sentir confiança para avançar.

2. Pondere a sua relação com o dinheiro

Faça uma análise profunda e sincera da relação entre os seus rendimentos e os seus gastos. Meça a sua capacidade para suportar as despesas fixas, mais o crédito à habitação. Lembre-se que, para além dos custos iniciais do processo, à prestação acrescem insurances and taxas de juros que pesam no montante mensal a pagar.

3. Não acumule créditos

Se tiver encargos com outros créditos pode ser mais complicado conseguir a aprovação de um crédito à habitação. O banco pode duvidar da sua capacidade para suportar outro encargo. Privilegie finalizar o pagamento dos créditos pendentes antes de assumir outra despesa fixa.

4. Preze a sua imagem junto da banca

Sempre que pedir um crédito à habitação, ou outro, o seu perfil como cliente é analisado. Se já contraiu créditos o banco vai querer analisar o seu historial. Se tiver um histórico de incumprimento, é mais difícil passar uma imagem de confiança e credibilidade.

5. Construa uma poupança

Os bancos seguem uma série de critérios emanados pelo Banco de Portugal para a concessão de crédito. No âmbito do crédito à habitação, é recomendável que o empréstimo não supere 90% do valor do imóvel. Por isso, é fundamental que se prepare para dispor de algum dinheiro para dar de “entrada”. Quanto maior for o montante entregue, mais confiança vai transmitir e menor vai ser o valor do empréstimo.

6. Importância da taxa de esforço

É fundamental para o banco perceber se o cliente tem capacidade para assegurar o pagamento da mensalidade proposta. Para isso, é definida a taxa de esforço. Este cálculo é aferido na fase inicial do pedido de crédito e resulta da relação entre o seu rendimento mensal e as despesas com crédito. Desejavelmente, a taxa de esforço não deve ascender os 35% a 40% do orçamento familiar disponível.

7. Reúna o máximo de condições para transmitir confiança

Mesmo que apresente uma taxa de esforço favorável e/ou uma maquia para dar de “entrada”, isso pode não ser suficiente aos olhos do banco. Para prevenir recuos no processo, antes de pedir o crédito à habitação, procure o apoio de um familiar que tenha a estabilidade financeira e a confiança necessárias para ser seu fiador. Esta integração será uma garantia para o banco de que, se algo falhar, tem a quem recorrer.

8. Compre um imóvel com potencial de valorização

Pedir crédito à habitação é um processo de relativa complexidade e representa um grande encargo financeiro a longo prazo. Por isso, invista numa casa que realmente corresponda às suas necessidades. A par da qualidade do imóvel, preocupe-se em escolher uma localização com potencial de valorização imobiliária. Esse é um aspeto positivo aos olhos do banco.

9. Procure a estabilidade antes de avançar

Your estabilidade profissional e financeira é fundamental quando pedir um crédito à habitação. É mais seguro para o banco conceder um crédito a alguém que tenha um emprego fixo e esteja efetivo, do que a um freelancer ou a um funcionário com contrato a termo certo.

Se não tem uma situação financeira e profissional estável, repense se a compra de casa é uma boa opção. Porque não aproveita esse período de maior instabilidade para construir uma poupança que o ajude a fazer face aos custos iniciais do crédito?

10. Pedir o crédito à habitação mais vantajoso

O mercado financeiro é muito concorrencial e um cliente informado pode beneficiar com isso. Procure ajuda de um intermediário de crédito, com parcerias na área financeira, para saber quanto pode pedir de crédito à habitação. Estes profissionais vão ajudá-lo a solicitar simulações a várias instituições. Com isso, pode comparar propostas e avaliar a melhor solução para si.

Ao ler estes tópicos pode ficar com a perceção de que pedir um crédito à habitação é uma tarefa difícil de concretizar. Não é bem assim. Afinal, milhares de portugueses adquirem a sua residência seguindo esta modalidade. No entanto, é importante que avance com confiança. Para isso, o ideal é procurar ajuda de uma equipa especializada que o guie em todo o processo.

Na Go Crédito encontra uma abordagem integral de todos os requisitos necessários para pedir crédito à habitação – a partir de casa, sem perdas de tempo nem constrangimentos burocráticos. Contact us, peça a sua simulação online e nós encaminhamo-lo ao longo de todas as etapas.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Go Crédito

GO Crédito is a company specialized in credit intermediation, authorized and supervised by the Bank of Portugal. We provide credit intermediation and consultancy services quickly and effectively.